Pinterest – a rede social que toda a gente conhece, mas que nem toda a gente usa

O Pinterest já faz parte das nossas vidas há anos! Sempre que precisamos daquela inspiração para decorar a mesa de Natal, criar uma festa de aniversário ou nos lançarmos num DIY, o Pinterest não falha: aparece-nos na maior parte das vezes num dos lugares cimeiros da lista que o Google nos oferece assim que clicamos no Enter após escrevermos as nossas palavras-chave. Curiosamente, enquanto clientes, encontramos várias vezes as respostas às nossas questões nesta rede social, mas se pensarmos bem… quantas vezes nos lembramos dela para promover o nosso projecto ou negócio?

pinterest para negócios

As redes sociais e os nossos projectos

Criando uma pequena analogia entre as redes sociais e um projecto profissional, é relativamente intuitivo perceber o que cada uma (pelo menos, das mais conhecidas) podem fazer pelo sucesso do nosso negócio.

Pensemos no seguinte exemplo: estou a caminho de casa e de repente surge-me uma vontade enorme de comer algo doce (quem nunca, right?). Começo a imaginar tudo o que poderia comer e – nem de propósito! – aparece-me a melhor loja de donuts da cidade à frente! Ok, a necessidade está criada – e, com todo aquele aparato à nossa frente, com certeza é um sinal dos deuses!

Quando nos aproximamos da loja, e mesmo antes de entrarmos, deparamo-nos com uma montra montada a preceito: aquelas argolas apetitosas devidamente ordenadas por cores ou sabores é algo quase impossível de resistir! Cedemos à tentação e entramos.

Lá dentro, os donuts da montra multiplicam-se e a dada altura nem sabemos bem qual é que vamos escolher. Passamos os olhos por vários deles, o ambiente convida a acompanharmos o bolo com um café (é só para cortar o sabor e, se calhar assim, ainda consigo comer dois em vez de optar por um só!) e o empregado sorri-nos como que a convidar-nos para espreitar cada uma das etiquetas. Vendo o nosso ar desorientado, dirige-se a nós e pergunta se queremos ver toda a lista das argolas disponíveis. Muito mais fácil, certo? Escolhemos dois, pedimos ainda um café, pagamos e vemos o nosso desejo por açúcar satisfeito! O que quero dizer com isto? Se pensarmos bem, as redes sociais trazem-nos clientes que, já sabendo ou não qual é a sua necessidade, acabamos por nos descobrir da seguinte forma:

Instagram – pouco conteúdo escrito, imagens apelativas: é claramente a montra do nosso negócio

Facebook – possibilidade de maior contacto com o cliente, tem uma aplicação própria para conversar com pessoas: assumimos que é a nossa loja

Então e em que rede social podemos incluir o nosso catálogo?

Exactamente: no Pinterest. Com esta grande vantagem: quando alguém procura por “planners semanais”, o nosso catálogo dirige esse potencial cliente directamente para os planners que produzimos e comercializamos, deixando de lado tudo o resto (e-books, convites, DIY… tudo o que não esteja relacionado au point com a pesquisa realizada). E se esta rede social canaliza tão bem as pessoas para o que realmente importa, porque é que não as usamos mais?

Pinterest – o funil tudo-em-um do marketing digital

Para quem tem algumas noções de marketing digital, o conceito de funil de vendas é bastante familiar. Este funil é um recurso muito poderoso, mas que nem sempre é tido em conta quando estruturamos a comunicação que dirigimos ao nosso público-alvo.

O funil de vendas (ou pipeline) permite-nos “acompanhar” a viagem que um cliente faz desde que sente alguma curiosidade pelo nosso projecto até que finalmente adquire um produto. Há várias etapas por que cada cliente pode passar – e a excelente notícia é que o Pinterest abarca cada uma delas! Sabendo apenas que tem uma necessidade específica, uma pessoa do outro lado do mundo pode cair na nossa conta, única e exclusivamente porque escolhemos as palavras-chave certas que levaram este potencial cliente até nós – ele não sabia da nossa existência, ele nunca ouviu falar da nossa marca… yet, here he is!

Com o conteúdo certo, conseguimos facilmente chamar a atenção das pessoas, independentemente do estado do funil em que elas estejam: sejam meros curiosos, saibam que têm uma necessidade sem saber exactamente qual ou estejam no ponto exacto de encontrar a solução perfeita para os seus problemas!

Funil, catálogo… ok. Mas o que é que o Pinterest pode fazer exactamente pelo meu projecto?

Atenção que o Pinterest por si só não faz milagres! Mas, com os inputs certos, o que podes ganhar ao investir nesta rede social pode resumir-se em três pontos importantes:

  1. Mais visitas ao teu website (logo, mais leads) – a partir do momento em que alguém encontra conteúdo interessante no Pinterest, a probabilidade de clicar nessa publicação e de ser reemcaminhado para o website correspondente é enorme!
  2. Melhor posicionamento de SEO – sabias que o próprio Pinterest é um motor de busca? Com as keywords certas, o teu projecto vai aparecer muito mais vezes!
  3. Maior visibilidade – se te dedicares à tua conta de Pinterest (e por isto o que quero dizer é criar conteúdo de valor para que a tua conta esteja optimizada), o algoritmo vai distribuir melhor os teus pins.

Agora que sabes um pouco melhor como funciona esta rede social e o que ela pode fazer pelo teu projecto, diz-me: estás à espera de quê para investir mais no teu conhecimento sobre ela?

Queres estar a par das novidades?

Preenche os campos para seres o primeiro a saber das novidades da Academia Pinterest!

Yaaas! Estás inscrito na mailing list! 🤩

Deixe uma resposta